Privatização da Azores Airlines

A Direção da Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH) congratula-se pelo anúncio efetuado pelo Governo dos Açores de se iniciar o processo de concurso público internacional para a privatização da Azores Airlines, já a partir do início do próximo ano, anunciado pelo Secretário da Finanças do Governo dos Açores aquando do debate no Parlamento Regional sobre o Orçamento da Região para o próximo ano.

A alienação da maioria da participação da Região na companhia aérea açoriana era defendida há muitos anos pela Associação Empresarial e é um passo fundamental para a sustentabilidade da economia açoriana e da empresa.

É essencial que a privatização possa ser devidamente preparada de forma atempada e com máximo cuidado para que não aconteça algo semelhante ao que se passou aquando de prévias privatizações, como foi o caso do Banco Comercial dos Açores e da Companhia de Seguros Açoreana. Fundamentalmente, deve ser salvaguardada a identidade da companhia, e considerada a importância no desenvolvimento do setor do turismo, dada a sua relevância na economia açoriana.

É, por isso, indispensável que a análise seja, sobretudo, técnica e muito cuidada, efetuada por uma equipa experiente, composta por elementos com conhecimentos especializados no setor, incluindo a presença do atual conselho de administração da companhia e das competentes autoridades regionais.