Turismo açoriano já ultrapassou 1 milhão de dormidas

Menos 500 mil do que em 2019

Na Região Autónoma dos Açores, no mês de Agosto, no conjunto dos estabelecimentos hoteleiros, turismo no espaço rural e alojamento local registaram-se 359,3 mil dormidas.


De Janeiro a Agosto de 2021, no conjunto dos estabelecimentos hoteleiros (hotéis, hotéis-apartamentos, apartamentos turísticos e pousadas), do turismo no espaço rural e do alojamento local da Região Autónoma dos Açores registaram-se 1.103,1 mil dormidas, valor superior em 97,4% ao registado em igual período de 2020 e menos cerca de meio milhão do que em 2019.

Residentes são o dobro dos estrangeiros

De Janeiro a Agosto, os residentes em Portugal atingiram cerca de 703,3 mil dormidas, correspondendo a um acréscimo homólogo de 102,0%, os residentes no estrangeiro atingiram 399,8 mil dormidas, registando um aumento, em termos homólogos, de 89,6%.


Neste período registaram-se 352,7 mil hóspedes, apresentando uma taxa de variação positiva de 89,7% relativamente ao mesmo período de 2020.
No país, de janeiro a agosto de 2021, as dormidas apresentaram uma variação homóloga positiva de 11,8%.

678 mil dormidas nos hotéis

Na Região Autónoma dos Açores, no mês de Agosto, os estabelecimentos hoteleiros registaram 230,1 mil dormidas.


De Janeiro a Agosto de 2021 registaram-se 678,9 mil dormidas, valor superior em 93,0% ao registado em igual período de 2020.


De Janeiro a Agosto, os residentes em Portugal atingiram cerca de 472,5 mil dormidas, correspondendo a um acréscimo homólogo de 99,6%, os residentes no estrangeiro atingiram 206,4 mil dormidas, registando um aumento, em termos homólogos, de 79,6%.


Neste período registaram-se 235,2 mil hóspedes, apresentando uma taxa de variação positiva de 83,5% relativamente ao mesmo período de 2020.


No país, de Janeiro a Agosto de 2021, as dormidas nos estabelecimentos hoteleiros apresentaram uma variação homóloga positiva de 9,0%.


De janeiro a agosto de 2021 os proveitos totais registaram uma variação positiva de 135,5% e os proveitos de aposento uma variação positiva de 145,8% relativamente ao período homólogo de 2020.


Em Agosto, o rendimento médio por quarto utilizado (Average Daily Rate) foi de 100,7 Euros.


De janeiro a agosto de 2021, todas as ilhas apresentaram variações homólogas positivas, nomeadamente as ilhas do Faial (240,8%), do Pico (129,0%), de São Jorge (122,9%), da Graciosa (113,0%), do Corvo (96,2%), das Flores (94,9%), de São Miguel (91,7%), da Terceira (56,6) e de Santa Maria (49,3%).


A ilha de S. Miguel com 428,2 mil dormidas concentrou 63,1% do total das dormidas, seguindo-se a Terceira com 107,6 mil dormidas (15,9%), o Faial com 55,0 mil dormidas (8,1%) e o Pico com 35,4 mil dormidas (5,2%).

Turismo rural a 20 mil dormidas de 2019

Na Região Autónoma dos Açores, de Janeiro a Agosto de 2021, o Turismo no Espaço Rural registou 32,6 mil dormidas, representando um acréscimo homólogo de 190,1%.


De Janeiro a Agosto, os residentes em Portugal atingiram cerca de 17,2 mil dormidas, correspondendo a um acréscimo homólogo de 165,6%, os residentes no estrangeiro atingiram 15,5 mil dormidas, registando um acréscimo, em termos homólogos, de 223,0%.


Neste período registaram-se 10,6 mil hóspedes, apresentando uma taxa de variação positiva de 222,4% relativamente ao mesmo período de 2020.

Alojamento localtambém recupera

Na Região Autónoma dos Açores, de Janeiro a agosto de 2021, o alojamento local registou 391,5 mil dormidas, representando um acréscimo homólogo de 99,8%.


De Janeiro a Agosto, os residentes em Portugal atingiram cerca de 213,6 mil dormidas, correspondendo a um acréscimo homólogo de 103,6%, os residentes no estrangeiro atingiram 177,9 mil dormidas, registando um aumento, em termos homólogos, de 95,4%.


Neste período registaram-se 106,9 mil hóspedes, apresentando uma taxa de variação positiva de 96,5% relativamente ao mesmo período de 2020.


De Janeiro a Agosto de 2021, a ilha de S. Miguel com 233,2 mil dormidas concentrou 59,6% do total das dormidas, seguindo-se a Terceira com 45,2 mil dormidas (11,5%), o Pico com 41,6 mil dormidas (10,6%) e o Faial com 32,2 mil dormidas (8,2%).

 

Fonte: Diário dos Açores