Governo dos Açores cria nova linha marítima que inclui a Graciosa

O Governo dos Açores vai criar uma nova rota marítima, denominada Linha Branca, que irá, "salvo imponderáveis técnico-operacionais ou motivos de forma maior", servir a ilha Graciosa já a partir de 15 de junho.

A novidade é avançada em missiva enviada pelo chefe do Governo Regional, Vasco Cordeiro, ao presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, Manuel Avelar, texto a que a agência Lusa teve acesso.

"Estou, hoje, em condições de lhe transmitir que será criada uma nova rota de transporte marítimo de passageiros e viaturas, denominada Linha Branca", com viagens às segundas-feiras e às sextas-feiras, diz Vasco Cordeiro na carta enviada ao autarquia.

A rota será servida pelo ferry “Mestre Jaime Feijó” e arrancará no Porto da Horta, na ilha do Faial, seguindo para São Roque do Pico, no Pico, para as Velas, em São Jorge, Graciosa e para a Praia da Vitória, na ilha Terceira.

A integração ou não da Graciosa na programação da transportadora marítima açoriana Atlânticoline já havia sido recentemente questionada pelo PSD dos Açores.

Vasco Cordeiro diz que este ano é possível servir os graciosenses neste campo "uma vez que, face à previsível menor procura", devido à pandemia de Covid-19, "que se estima vir a existir nas rotas que, habitualmente, exigem um maior esforço operacional da frota da Atlânticoline, é possível programar a operação de forma a permitir esse serviço".

E prossegue o texto: "Nos anos anteriores, com esse esforço operacional concretizado ao máximo nessas rotas de maior movimento, esse serviço não era possível. No entanto, sendo este um ano excecional, é esta a solução excecional que serve a ilha Graciosa".


Fonte: Lusa/AO Online