Privatização da Gestão do Aeroporto Internacional da Ilha Terceira

A Direção da Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH) tem acompanhado as notícias veiculadas pelos órgãos de comunicação social relativamente às acessibilidades da ilha Terceira, nomeadamente as ligações aéreas. Considera a CCAH que é essencial para a competitividade da economia da ilha e para o desenvolvimento do setor do turismo as ligações aéreas recém anunciadas como a ligação direta com Londres através da Ryanair; a manutenção da ligação aérea com Boston; o retorno da ligação aérea de Madrid e o início da nova ligação com o Canadá, como aliás já tinha anteriormente anunciado.

No entanto, considera igualmente esta Direção que é possível fazer muito mais para captar mais ligações aéreas com o exterior, e tornar a Terceira como um dos pontos principais da Região em ligações aéreas, incluisve internacionais.   Desta forma, a CCAH considera que é essencial tornar o aeroporto das Lajes competitivo através uma gestão profissional capaz de captar novas ligações aéreas, como já acontece em muitos aeroportos do País. Para que tal seja possível, defende a Direção da CCAH a privatização da gestão do aeroporto, reinvindicando que o Governo Regional dos Açores lance um concurso internacional com o objetivo de privatizar a sua gestão.

Consideramos que esta medida, a ser tomada, será essencial para alavancar ainda mais a economia da ilha, tendo um efeito multiplicador ao permitr a distribuição de passageiros para outras ilhas, nomeadamente para o grupo central, e tornar o aeroporto das Lajes um dos principais aeroportos da Região.